Dentro da noite

As vezes seguimos a vida com os olhos fechados, como uma escrita noturna. Afundado numa sensação de loucura. De vozes. De grito preso. Rancor disciplinar.

Apenas segue com a vida! Mas como a vida que segue se tu mesmo deixou de segui-la? Abandonou. Mandou embora. Trocou o endereço e sumiu…

A busca pela luz da lua congela, definha e te desafia! Lembrar que tem que existir calma, dentro do silêncio, dentro do eterno.

Marcelo C.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s